Sonhei que era teu preferido…

14 06 2010

Toda mulher tem seu brinco, seu anel, sua calcinha, sua bolsa, seu perfume e sua roupa favorita. Tem também a combinação desses elementos que mais lhe agrada. Existem algumas peças que não são consideradas “as melhores”, mas agradam muito as damas, que acabam se apegando as essas “mais ou menos”.

O engraçado é que tem algumas roupas/adereços que as próprias mulheres consideram ridículas, e não conseguem explicar porque gostam, reconhecem a breguice, mas simplesmente gostam e usam sempre que podem.

Grande parte das mulheres coleciona roupas e jóias que nunca saem do guarda-roupa, o argumento é sempre o mesmo: – É sempre bom ter opção, agrada aos olhos. Mesmo que em última instância eu não o use, a hora que quiser é só pegar.

A escolha de usar certa peça ou não varia muito de acordo com o lugar, a hora, a ocasião e, claro, com a combinação dos astros e a posição de Vênus.

Sabe o que é mais assustador disso tudo? Pensar que a relação das mulheres com os homens segue essa mesma lógica.

Mais um anel no seu dedo, literalmente na sua mão?

Agora eu entendo o Tom: “ lhe trouxe um anel verdadeiro, sonhei que era teu preferido”

Guilherme Claudino (Barão de Frei-Eustáquio)

Anúncios

Ações

Information

4 responses

14 06 2010
Rafael Senra

Hehehe é foda isso, pensar que muitas vezes, elas querem te manter debaixo das abas só pra imaginarem que tem uma escolha pendente. Daí quando vc arruma outra, elas ficam vingativas, ou chateadas…
Eu já desisti de entender, mas continuo amando!
Muito bom!

14 06 2010
Fernanda

Isso nao eh particularidade feminina e sim humana! Homens tem suas preferencias, seus guardados, suas gavetas. Todos utilizam quando e quem mais lhe convem ate vir o tal do amor! Ha o amor!!!
Eram tantas mocinhas frageis e tantos cachorroes, agora tantas mulheres espertas escolhendo o anel preferido e tantos principes choramingando a falta das princesas! Tantos personagens!
Quem se da para quem se quer e assim a vida segue!

15 06 2010
Ane

Concordo com a Fernanda, eu ia dizer a mesma coisa.
Não são somente as mulheres que necessitam ter em seus guardados aqueles “nem-tanto-preferidos”. O mundo é assim.
Acho que isso, acima de tudo, revela o grande medo do maior mal do século: a solidão. O ser humano precisa se apoiar no seu “guarda-tudo”.

Belo texto, Gui!

2 07 2010
Letícia

Meu preferido! Um dos melhores que já escreveu…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: